[responsivevoice_button voice=”Brazilian Portuguese Female” buttontext=”Ouvir texto”]

O governo federal dos Estados Unidos vai anunciar um novo plano que exige que todos que comprarem um drone devam fazer um registro de propriedade junto ao Departamento de Trasporte Americano.

As autoridades tem se preocupado com o aumento das chamadas relatando casos em que drones voam dentro de locais em que não deveriam, em específico em aeroportos, a nova medida deve ser anunciada na próxima segunda-feira (19/10).

Existem vários exemplos que servem de pilares para essa decisão, em julho desse ano um drone voou muito próximo à um avião de passageiros com 159 pessoas a bordo no Aeroporto Internacional de Nova York. O drone, estava a apenas 30m de distância do avião tripulado e uma altura de aproximadamente 500m, a distância entre aviões é de no mínimo 300m e o drone deveria respeitar essa distância também.

Segundo o plano, o governo vai trabalhar em conjunto com a indústria de drone em criar um forma eficaz para registrar e regulamentar essas pequenas aeronaves, tudo isso pode começar a funcionar antes do natal deste ano.

Semana passada a Administração de Aviação Federal, propôs uma multa de $1.9 milhões contra a empresa de Chigaco chamada SkyPan, que foi acusada de ter levantado dezenas de voos não autorizados desde 2012.

Com a popularização de drones no Brasil, em breve teremos um lei parecida, pois muitas pessoas o compram, mas não seguem as diretrizes e regras de boa conduta no meio. O que você acha sobre a lei?

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA