Uma das grandes dúvidas de quem vai comprar um Phantom está entre escolher o P3 Professional e o P4, a diferença é de cerca de 40% em relação ao valor, mas será que o P4 vale 40% a mais que o P3?

Apesar de muita gente defender a compra do 3, argumentando a pouca diferença na câmera, trata-se de outro equipamento, a cada lançamento a DJI sobe um degrau e não foi diferente com o lançamento do Phantom 4, devemos lembrar que os drones comerciais, da categoria do Phantom, são considerados eletrônicos de consumo em massa, e isso significa que a experiência de compra deve ser analisada de maneira holística e não isolada, e em termos de experiência de compra, o Phantom 4 dá show no Phantom 3 desde o momento de abertura da embalagem, lembrando cada vez mais os equipamentos da Apple, que sem dúvida são uma inspiração para a equipe de Frank Wang.

DJI Phantom 4
DJI Phantom 4

O acabamento em um novo material além da mais bonito, parece ser bem mais forte, o motor conta com aletas de ventilação externas e agora está totalmente fora da shell, o que garante melhoria de desempenho (aparentemente desce um pouco mais frio que o motor do P3 após o voo), o carregador é branco e conta com uma nova interface para ligação da bateria, que pode ser conectado em qualquer lado (qualquer semelhança funcional com os carregadores do MacBook é mera coincidência =) ), o protetor do gimbal em plástico é fantástico em relação ao protetor do P3, design bem mais integrado e prático (quem nunca se bateu para colocar de volta o protetor do P3 nas primeiras vezes …), a caixa original pode ser utilizada para transporte, dispensando a compra de mochila (para carregar no carro e em pequenas distâncias é ideal), o tempo de voo decepcionou um pouco, com todos os sensores ligados não durou mais que 20 minutos, e falando em sensores, os sensores frontais funcionam muito bem, deram o break no momento preciso, mas é preciso salientar que só funcionam com objetos grandes, ele parou com árvores grandes e paredes na frente, mas não parou para galhos finos e sem folhas. Voltando a falar em detalhes, o ponto preto nas pontas dos motores foram substítuidos por 3 pontos pretos (maçons? illuminatis?) e nas hélices a marcação também é mais sutil, círculos pretos ou prata, a forma de conexão é o quick release, semelhante ao do Inspire mas um pouco menor (colocamos lado a lado para comparar), para colocar ou remover as hélices basta pressionar para baixo e girar meia volta, bem mais prático e eficiente.

A atualização pode ser feita somente com o dispositivo mobile, dispensando a instalação do aplicativo no computador, para isso ele conta com um adaptador USB que deve ser utilizado para ligar o celular no drone, ou seja, você utiliza o cabo grande para atualizar o RC e o cabo grande + adaptador para atualizar o drone. Os medidores de interferências na bússola são bem interessantes, mostrando em tempo real o nível de interferência enquanto você anda com o drone na mão procurando o melhor local para decolagem.

No DJI Go a principal diferença são os indicadores de proximidade sobrepostos na imagem, que se mostraram bem precisos na indicação de distância dos objetos próximos frontalmente, é possível também desligar os sensores se assim desejar, o modo de voo P, é o GPS + Sensores, para acessar os modos inteligentes e também o sport (que nada mais é que um atalho para ganhos mais “ousados” pré definido) é necessário habilitar o multiple flight, assim como no 3. Uma alteração que é MUITO importante estar ligado é a forma de parada de emergência, que deve ser executada com stick esquerdo na diagonal inferior esquerda + botão do gome home.

novo modo de parada de emergência

Em voo o equipamento é muito parecido com o 3 quando em modo P, levemente mais preciso, o teste com os sensores frontais não encorajam muito a testar o tap flight, tem que ser uma área de condições bem específicas para não ter muito perigo (somente sólidos com um volume considerável no caminho, nada de árvores com galhos secos, fios ou cabos).

Diferenças entre Phantom 3 e Phantom 4

 

Primeiro Voo Phantom 4

Preços Phantom 4 DJI

Na DJI é aonde se encontra o melhor preço de varejo online, para atacado, há lojas em Miami com preço melhor que os 1399 dólares cobrados pela DJI, aqui no Brasil alguns importadores independentes estão vendendo entre R$ 6500,00 e R$ 8000,00, nas lojas com importação formal, o preço passa facilmente dos RS9.000,00 reais.

Esse foi apenas um artigo de primeiras impressões, em breve teremos um curso de P4 disponível na Escola de Drones, com todas as novas funções bem detalhadas.

1 COMENTÁRIO

  1. Interessante matéria. Adquiri recentemente um exemplar do Phantom 3 Pro 4k nos EUA aproveitando uma viagem a lazer. Comprei pela amazon e chegou no hotel tranquilo. O valor ficou em $820. Aqui no Brasil é exorbitante o valor e pensei muito em pegar o 4. Mas acho que para iniciar os aprendizados o 3 deva e atender e num futuro próximo espero conhecer esse 4 ou outra versão mais nova da família.

DEIXE UMA RESPOSTA