Drones Procurando Cachorros de Rua

0

Drones, como máquinas voadoras de baixo custo, podem ser grandes ferramentas de resgate. Eles podem olhar e ir para lugares aonde pessoas não podem – ou, pelo menos, não podem ir com segurança – e com câmeras de infravermelho, às vezes eles podem ver além do que os olhos humanos podem. Em Houston, a Sociedade Mundial de Consciência Animal planeja usá-los para controlar os cães de rua, combinando a utilidade de um drone como um dispositivo de mapeamento com as suas habilidades de resgate.
O mundo nunca com uma capacidade de documentação tão boa como a provida pelos drones, os mapas eram estáticos, o que os tornavam imprecisos na melhor das hipóteses para rastrear populações transitórias. Contar as populações de cães de rua em cidades densas como San Francisco, mesmo com centenas de voluntários humanos a pé, era incrivelmente difícil com resultados imperfeitos. Mapeamento, contagem e acompanhamento de cães de rua, antes do advento da tecnologia drone era praticamente impossível, especialmente em uma grande cidade, como Houston.
Agora, porém, drones fornecem uma opção econômica no trabalho dos voluntários. Para o projeto, os voluntários irão inserir informações sobre as estáticas em um aplicativo de smartphone, observando, por exemplo, se o cão é macho, fêmea, se é uma cadela amamentando, um filhote, ou desconhecido. Enquanto isso, os drones DJI Inspire vão filmar os cães, marcando suas posições.
No entanto, o projeto, intitulado Operação Houston: Stray Dog City, planeja filmar não apenas criar um mapa dos cachorros de rua, mas será o piloto para um novo show. O show começou a ser filmado em 20 de março.

Assista a um vídeo da Sociedade Mundial de Consciência Animal em Detroit abaixo:

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA