Drones como salva-vidas nas praias do Rio de Janeiro

0

Bombeiros brasileiros têm um novo uso para drones: bombeiros do Rio de Janeiro já estão usando drones como salva-vidas. As autoridades dizem que os drones serão equipados com câmeras e coletes salva-vidas e iram ajudar os bombeiros a identificar nadadores em apuros e fornecer ajuda imediata para evitar que as pessoas se afoguem em praias lotadas como Ipanema e Copacabana.

Latino FoxNews informa que a operação drone será principalmente focada na famosa praia de Copacabana no Rio durante o verão, que começou na semana passada. Os operadores utilizaram os drones para identificar a localização exata de banhistas em apuros, e um dispositivo de flutuação anexado ao drone pode ser lançado de modo “da possível vítima poder ficar na superfície da água até os salva-vidas chegam”, o comandante da Associação Copacabana Marinha. Cel Fernando Santos, disse em um comunicado divulgado terça-feira pelo governo do estado do Rio de Janeiro.

Equipes de salvamento estão também equipadas com motocicletas e balsas salva-vidas, bem como com os barcos e aeronaves; operadores de drones irão juntar-se a paramédicos que também patrulham as praias para proteger nadadores.

Os pilotos foram obrigados a passar por um curso de formação de 240 horas para operar os drones, o chefe da Unidade Unmanned Aircraft Coordenação do corpo de bombeiros, o tenente-coronel Rodrigo Bastos, disse no comunicado do governo. “Eles tiveram disciplinas como a transmissão de dados, recuperação de equipamentos e segurança de voo entre outros ensinamentos. O curso é focado em três pontos básicos:. Segurança, manutenção e treinamento com equipamentos.

 

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA